Reequilíbrio Fascial: Uma oficina de dois dias

Reequilíbrio Fascial é um sistema de manipulação de tecidos moles que descontrai padrões de tensão de todo o corpo, ao mesmo tempo que progressivamente revela o comprimento e equilíbrio inerente do corpo. O profissional usa suas mãos e cotovelos para trabalhar os tecidos conjuntivos, usando uma pressão lenta tanto profunda e sensível.

Balanço natural

Há um padrão natural e equilibrado de como como pernas, quadris e região lombar trabalham em conjunto. O mesmo é verdade para sua caixa torácica, braços e pescoço, e também para seus pés, tornozelos e pernas. Este equilíbrio de corpo inteiro é caracterizado por retilinidade, comprimento, e facilidade de movimento. Simplesmente não faz sentido dizer que nossos corpos são naturalmente torcidos, comprimidos e restringidos em movimento.

No entanto, o equilíbrio é comprometido por vários fatores, incluindo acidentes, padrões de movimento habituais, e estresses e tensões diárias. Todos estes fatores causam a nossa fáscia a endurecer em padrões rígidos que se espalhas por todo o sistema, assim como um puxão em um suéter será visível em um ponto distante do puxão original. Assim, qualquer tentativa de reequilíbrio deve incluir a estrutura completa e não só focar nos sintomas.

Uma das qualidades notáveis de tecido conjuntivo é sua grande capacidade de mudança, sua plasticidade. A fáscia é bastante responsiva a demandas de tensão em todo o corpo, rapidamente adicionando mais tecido quando a area de tensão aumenta. Felizmente para nós, o efeito inverso também é verdade, em que o tecido irá afrouxar e amolecer quando a tensão na área diminuir.

Os Protocolos do Reequilíbrio Fascial

O Reequilíbrio Fascial oferece um sistema que reequilibra o corpo inteiro por meio de uma série de 14 protocolos únicos. Os protocolos e rotinas são usados para trabalhar todas as áreas do corpo, estipulando o tecido a ser trabalhado, a direção da pressão a ser aplicada, e uma visão geral de como equilibrar a área do corpo. Por exemplo, a frente da caixa torácica é trabalhada de acordo com um protocolo, o lado da pélvis é trabalhado de acordo com um protocolo, e a parte inferior da perna é trabalhada de acordo com um protocolo. Do mesmo modo, existe um protocolo do Reequilíbrio Fascial único para trabalhar e equilibrar cada uma e todas as regiões do corpo.

Existe uma variedade de modos que você pode integrar os protocolos do Reequilíbrio Fascial na sua prática. Em tão poucas quanto 3 ou 4 sessões você pode trabalhar o corpo inteiro e alcançar um equilíbrio geral. Com ainda mais sessões você consegue ir mais profundo e estabelecer um equilíbrio mais completo e duradouro. Ou, você pode aplicar os protocolos mais localmente em uma abordagem baseada em sintoma, ao mesmo tempo que assegura que está contribuindo com algum nível de equilíbrio adicional à estrutura.

A geometria do equilíbrio

O Reequilíbrio Fascial trabalha para trazer de volta o equilíbrio para a geometria natural das 8 dimensões fundamentais do corpo. Estas são: de frente para trás, da esquerda para direita, de cima para baixo e do superficial para o profundo. Estas 8 articulam a lógica de equilíbrio simples e orgânica. Por exemplo, se a frente do tronco é curta e comprimida comparada às costas, este corpo irá experienciar uma dificuldade contínua somente para manter a postura ereta. Em contraste, quando estas 8 estão equilibradas, o corpo fica mais resiliente e confortável.

Posterior-480x1024

Para melhor entender como funciona, considere a analogia de afinar uma pele de tambor. Imagine que você tem um tambor de mão que está parado na prateleira faz um tempo, e a pele ficou frouxa. Quando você ajusta um dos parafusos de apertar, cria uma linha esticada na pele. Então, naturalmente você prossegue para o parafuso oposto da moldura, depois para aqueles nos ângulos retos, apertando pela metade, enquanto você sistematicamente trabalha em torno da moldura, assegurando que a pele esteja afinada e ajustada de modo equilibrado. É o mesmo com o corpo humano no processo de reverter e reequilibrar o sistema fascial inteiro. O Reequilíbrio Fascial avança com esta abordagem equilibrada.

Mecânica corporal

Um dos aspectos essenciais do técnicas do Reequilíbrio Fascial é utilizar as melhores mecânicas corporais possíveis. Trabalhar com o máximo de facilidade e alinhamento ótimo não somente preserva a energia e a integridade estrutural do profissional, mas também dramaticamente melhora os resultados de seu esforço. Quando você trabalha utilizando uma estrutura comprimida e rotacionada, é muito mais desafiador ajudar a estrutura de seu cliente a descomprimir e alinhar. Pelo contrário, quando você está relaxado, alinhado, e confortável ao trabalhar, estas mesmas qualidades irão naturalmente se traduzir diretamente na estrutura do seu cliente.

Pressão, Angle e Direção

Uma das marcas do Reequilíbrio Fascial é a qualidade do toque utilizado pelos profissionais. Uma grande importância é colocada sobre o trabalho no ângulo, profundidade e direção corretas. A pressão utilizada é um perfeito equilíbrio entre assertividade e receptividade. O profissional derrete profundamente as camadas fasciais, enquanto que ao mesmo tempo está sensível e “ouve” os tecidos para pistas sobre como proceder. Esta alta enfânse em trabalhar com a pressão, ângulo e direção explica por que as pessoas recebendo o trabalho geralmente fazem afirmações como “Oh, isso é perfeito! Eu estive esperando por anos para alguém para trabalhar exatamente assim!”

Reequilíbrio Fascial Nível 1 - Rotina

Reequilíbrio Fascial Nível 1 instrui nos primeiros 6 dos 14 protocolos. Estes são:

  1. Frente da caixa torácica
  2. Lados e costas da caixa torácica
  3. Equilíbrio da coluna vertebral
  4. Lados da pélvis e perna superior estreita
  5. Lados da pélvis e perna superior larga
  6. Pernas inferiores e pés

Cada dia da oficina inclui as seguintes modalidades:

Palestra: O instrutor explica a teoria e a prática do Reequilíbrio Fascial. Existem vários segmentos de aula cada dia.

Demonstração: O instrutor demonstra cada conjunto de técnicas em um modelo de estudante.

Intercâmbio entre alunos: Estudantes formam pares e praticam as técnicas uns com os outros.

Orientação do instrutor: Durante os intercâmbios entre alunos, o instrutor se move ao longo da classe oferecendo orientação detalhada para cada aluno sobre como executar e melhorar as técnicas.

Discussão: Durante todo o dia haverá oportunidades para discutir o Reequilíbrio Fascial, incluindo a teoria, prática, experiência do aluno, e como incorporar o método na aplicação profissional.

Exercícios de mindfulness: Durante os dois dias haverá varias sessões de prática mindfulness, projetado especificamente para ajudar com a prática da terapia manual.

Exercícios de mindfulness: Durante os dois dias haverá varias sessões de prática mindfulness, projetado especificamente para ajudar com a prática da terapia manual.